My little wOrld

E pOrque não criar algO para falar de sentimentOs, pensamentOs, de algO inexplicável , de tantas Outras cOisas que nOs levam para um OutrO mundo, sÓ uns minutOs, e pOdermOs sair da rOtina? É tão bOm sOnhar… ficar numa realidade que a nOs pertence e Onde pOdemOs imaginar o que mais queremOs…e pOrque será que sÓ pOssam ser sOnhOs?? Os meus farei para que se tOrnem REALIDADE, porque vou lutar smp, a cd minuto q passa.e um dia serei alguém [não dos contos de fada mas...] com um final feliz!

domingo, 29 de outubro de 2017

sábado, 28 de outubro de 2017

Amo-me mais, que a ti


Aprendi que para ser feliz com outro alguém teria de ser 1º feliz, sozinha, pensava eu como seria possível, ser feliz sem um outro ser, afinal é verdade, apartir do momento em que és alguém feliz, tudo é melhor! Não dependes de um outro alguém, tu mesmo podes ser feliz!

Amo'me mais, que a ele

É certo, que quando se ama alguém,  é como Deus no Céu, ele na Terra ( quase isso )

Contudo o que havia passado, eu mudei, sim é verdade, o meu Eu está diferente, atrevo-me a dizer que  maduro!

O amor-próprio fez me ver que primeiro eu, depois ele, aprendi a limitar os sentimentos, será?! Confesso que nem eu acredito bem nisso, limite? Mas há limites? Não há limite nos sentimentos, não há limite no amor, não há limite, não há reset!

Aprendi a amar-me mais, do que aquilo que te amo, verdade!

Não corro atrás!

Amo-me demais, demais para me perder com quem não vale a pena!

Luto, sem dúvida, mas tens de o merecer!

Não me prendo, muito menos te prenderia, deixo-te livre.

Amo-me mais, que a ti... não permito que me tires a liberdade!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Eu vivo por aí, perdida nas palavras de alguém, que possivelmente faz me presenciar nas entrelinhas, muito mais que sonhar, é viver cada emoção!~




 Cláudia Neto

🙏🏼💪🏼👑

sábado, 14 de outubro de 2017




E aí vem ele, bem de leve, suave que nem brisa no final do dia, só para poder sentir mais uma vez, só mais uma vez, a ternura do teu olhar, e a magia do seu sorriso!

SAUDADE



E, pela imensa escuridão da noite, vem aquela saudade, uma saudade filha da mãe que insiste em perdurar, saudade esta que já a deixou de sorriso rasgado e lágrimas, que percorriam aquele rostinho de menina-mulher, doce tortura, amarga loucura!



E, aí vem, todas aquelas memórias, memórias essas que jamais a deixam sem sonhar, menina-mulher, como se entrega com todo o seu SER, como se demonstra com tal pureza, magia de seus sonhos!

Saudade, já foi um dia uma palavra menos boa, agora só lhe restam as lembranças...



Ficou no seu canto, tudo parecera tão estranho, relembrou mais uma vez, tudo aquilo que lhe passara em pensamento,  esboçou um sorriso, agradeceu por tudo aquilo que lhe deu, e por tudo o que lhe tirou, acredita que algo melhor virá, sem pressas... nunca perde a esperança no AMOR! 

Ai o amor, ela vive de amor, menina-mulher seu doce ar, não se deixa intimidar tão fácil, mas alguém lhe roubara parte daquele coração, daquela alma que outrora o amava.



Saudades. A falta que aquela alma lhe faz, se lhe faz, que falta!

Saudade, sem fim! 

domingo, 8 de outubro de 2017




Príncipe, nem era preciso ser um príncipe, era só querer me fazer feliz, só isso! 
Era só querer me abraçar, sentir aquele turbilhão de sentimentos que parece borboletas na barriga, aquele nervoso miudinho, era só querer, era só sentir... 
Mas não, preferiu desistir, fugir, cair no esquecimento, preferiu nem ligar mais, não responder, preferir simplesmente nem tentar... 

Verdade que não esqueci, claro que não esqueci como posso esquecer alguém que ao longo dos anos uma amizade se formou, mesmo havendo distância, foi algo de tão único, em pouco se tornou tudo, e nesse tudo... desapareceu.. simplesmente sumiu! 




Claro que esse afastamento, muito mudou, sem dúvida! 



Custa acreditar, que me deixaste assim, depois de tudo, de tantas promessas, tantas palavras de amor, tantas horas perdidas ao telefone, tanto sonho que queríamos realizar... nunca tive o teu toque, mas tive imensas emoções, milhões de turbilhões de sentimentos que me fizeste surgir... Tu, depois de tantos anos... fizeste acreditar que existiria o tal... afinal existe? Não, ainda não, não encontrei, não quero procurar sequer, depois de tudo tornei-me diferente, talvez indiferente a muita coisa!

Ficarás retido na minha memória, mas não voltes, por favor não voltes mais...

O meu sentimento não acabou, mas mudou!
O meu ser não é mais o mesmo

Sei lá, talvez toda eu seja amor, mas eu sei que estarei mais fria, não digo que já não acredito no amor, assim mentiria, pois essa é a minha essência! 

Não te vou procurar mais, vou tentar nao saber mais, mais que aquilo que já sei, felicidades apenas te desejo, todo o amor do mundo e mais um pouco, apesar dos apesares guardo um carinho enorme por ti, mas olha... não voltes! 

Quero alguém por inteiro, não por metades, doar-me a quem tenha amor para dar, e não o coração a roubar!